Vejam um ciclista, ele gosta de ajudar as pessoas e de preservar a natureza

Olá Visitante
 



 
Artigos

Alto Delírio - 30Nov08


Pessoas,

Que boa a trilha de hoje!

Segunda a contagem oficial do nosso também oficial padrinho, o Gaúcho, éramos aproximadamente 102 pessoas.
Entre Rebas de carteirinha, novatos no grupo e os amigos visitantes enfrentamos com muita disposição as difíceis delícias do Delírio.
Não faltou bom humor, a costumeira camaradagem e carinho da nossa galera.




Logo na preleção ganhamos do Arquimedes chocolate como um presentinho de Natal para a turma, o Capone brindou com refrigerate e cerveja gelada, ao final da trilha, com quem parou para um abraço de aniversário, de não sei quantos anos, acho que é segredo...heehe.

Os destaques devem ser comentados, pois fechamos de forma bem legal o dia de hoje:




Em um primeiro plano, a responsabilidade, dedicação e carinho do Gaúcho no seu papel de Padrinho Mór do Delício, porque além do controle da trilha que ele sempre tem, o acompanhamento e apoio que ele dá às pessoas é dez.
Queremos agradecer o Renato que, mesmo depois de vir de bike do Guará, ao ser convidado, assumiu como puxador da trilha, mais uma vez, sem nem titubear.
Os nossos amigos João Paulo da Bike Tech e Gustavo merecem um carinho nosso pelo apoio de carro ao final da trilha. Além do socorro, o Gustavo estava lá no haras com refrigerante gelado, nossa que show!


Os iniciantes que se identificaram e os membros que tínhamos notícia de que estavam fazendo pela primeira vez o Delírio. Carolzinha, que mesmo com uma quedinha e joelho ralado, estava feliz da vida e afirmou que nunca fez trilha tão linda, o Matheus amigo da Carol que encarou as dificuldades que teve, foi até o estradão final e foi socorrido por fortes caímbras, a Elza que vem obstinadamente evoluindo no pedal e fez com raça a trilha, o Bicudo que com mais raça ainda, escolheu o Delírio mesmo sendo uma de suas primeiras trilhas, empurrou sem reclamar e fechou todo o percurso com louvor. A atenção do nosso amigo Edoardo Lando que veio para uma trilha-despedida nesta temporada brasileira. Foram três anos de grupo e de contribuição dele e da Maria, sua esposa às solicitações do grupo.Boa vida na Itália, amigos!
Nossos amigos Arquimedes e Capone pela manifestação autêntica de amizade.

Não citamos mais pessoas porque estas são as que tínhamos conhecimento, mas de um modo geral, diante de tantas pessoas novas hoje no grupo, o que é incomum em dia de trilha difícil, todos nós merecemos dormir em paz com o sentimento de missão cumprida neste último evento-trilha do ano Rebas.



Uma excelente semana a todos
e não se esqueçam...


Vamos movimentar os pontos de venda de convites da nossa festa
porque não dá para perder este evento que fechará a portinha do ano!



Janice
Coordenação do Rebas do Cerrado.

Marca registrada Rebas do Cerrado - Nota de rodapé do site
Webdesigner: Débora Alves

A primeira versão deste site foi construída por Eliézer Roberto Pereira , Bob King, um dos fundadores do Rebas do Cerrado que infelizmente nos deixou em dezembro de 2004.

Posteriormente o nosso amigo Marcelino Brandão Filho, também fundador e coordenador do grupo por 6 anos, desenvolveu com dedicação ímpar uma nova versão. Marcelino faleceu em julho de 2013 e além do site deixou entre outros legados importantes a padronização dos procedimentos de operacionalização e condução dos eventos Rebas.

Mantemos a página principal o mais próximo possível do desenho original em homenagem aos dois fundadores.

As marcas Rebas® e Rebas do Cerrado®, bem como o logotipo® do grupo Rebas do Cerrado são Marcas Registradas® pelo Instituto Nacional de Propriedade Industrial(INPI), com todos os Direitos Reservados.