Vejam um ciclista, ele gosta de ajudar as pessoas e de preservar a natureza

Olá Visitante
 


 

O final de ano Rebas



O ano de 2011 encerra para o nosso grupo com um sabor de dinamismo, movimento e certamente propõe à percepção de todos que nos acompanham nos eventos Rebas, um ano de muitas realizações. E assim foi.

A exemplo de 2010 muitas trilhas foram estreadas e revisitadas em outra versão, ou mesmo resgatadas em seu desenho original. Pamonhas, Caneladas e Cinema foram as estréias, Planaltina resgatada. Também com igual valor e sucesso, promovemos dois eventos no padrão viagem - Pirenópolis e Unaí, e no mês de setembro, acompanhamos formalmente o Passeio Ciclístico da ONG Rodas da Paz, em explícita intenção de apoio às ações desta instituição.

Aderimos também ao importante projeto de mapeamento da Estrada Colonial do Planalto Central, coordenado pelo amigo José Rogério Vargens e participação de uma galera obstinada, que apóia as atividades de mapeamento. O projeto tem o objetivo de redescobrir a Estrada Colonial e transformá-la em um opção para atividades de eco-turismo, ciclo-turismo e off-road. Saiba mais em:www.rebasdocerrado.com.br.

Contamos, enfim, com o total de 47 trilhas realizadas apenas na operação das trilhas de domingo. Isso é muita coisa!!!

A Comissão de Trilhas Rebas (composição ao final do texto) tem fundamental atuação e importância para que o grupo se mantenha com todo este dinamismo. Regularmente aos sábados ocorrem mapeamentos e reconhecimentos visando a possibilidade de inclusão de trilhas novas, rever antigas, e acima de tudo, garantir-nos pedais com qualidade e segurança que é o que une o grupo em termos de objetivos. Esta trupe quase sempre é apoiada por amigos ou por padrinhos que se disponibilizam a ofertar trilhas. Edu Bürgel, Fábio (Bauru) Malaguti, Arquimedes Siracusa, Dalton Tolentino, Huberlandy Lope, Leo Feltrin e Renato Araújo é a galera que avalia e autoriza trilhas. Dentre muitos nomes de amigos do grupo, Gaúcho, Farid e Kátia do PNDF, Anderson e Ronan, Rodrigo, Carlos Júnior e Markus figuraram como Padrinhos de Trilhas em 2011.

Uma figura igualmente lembrada este ano, principalmente quando os nossos membros confrontam os desafios de uma trilha difícil é o Responsável pelas Estrelas Rebas, o Maurício Oliveira. Um ótimo amigo, que trabalha discretamente, mas fez muitos Rebas felizes neste ano de 2011. Identificamos que por mais um ano o Espírito Rebas de Ser se mantém e, curiosamente, se fortalece por meio de um estilo que nos é muito peculiar, a simplicidade. A simplicidade para cumprir a Missão Rebas, que é iniciação no mountain bike, aparece nos pedais a cada evento do grupo para nos apontar o quanto é prudente que a mantenhamos. Prova disso foi a nossa festa de confraternização. Resgatamos o desenho da primeira versão da festa feita em 2004. Na ocasião, assim como neste ano, a regra era garantir um encontro para celebrarmos o fim do ano, apenas isso. De forma cooperativa e muito eficiente o evento ocorreu. Ao longo dos últimos 7 anos repetimos com muito carinho festas de encerramento do ano, mas com um formalismo e estrutura que foi num movimento crescente tirando o prazer dos organizadores de participarem da festa. Desde 2009, chegamos, enfim, à conclusão de que estávamos nos distanciando da tal simplicidade. Fizemos durante dois anos a festa no Rancho Canabrava e, este ano, a melhor medida apareceu. Um evento capitaneado e apoiado por todos que foi show!!!

A festa Rebas em 2011

Ocorreu sob a máxima do informalismo, sem deixar de ser correta. O nosso encontro de confraternização de 2011 apareceu desta forma, menor em tamanho, despojado, mas certamente muito bem cuidado e aconchegante. Foi possível realizar um encontro com 147 pessoas em um espaço muito gostoso, o Recanto do Sabiá. Mesmo com a chuva que caiu durante o dia, não houve nada que atrapalhasse a energia positiva que rolou. Todos os participantes, incluindo o serviço, o espaço, a atração musical, foi de gente conhecida e querida: o local é da família do Geraldo Baião Rebas de coração, o serviço do mais famoso Chefe Biker Rebas de Brasília, o Sérgio Camargo, conhecido entre nós por Dart (ver depoimento). As bebidas ficaram por conta do Wellington do Nutrimóvel, as animações musicais, com a famosa cantora e ciclista Daniela Firme e o DJ Rebas Paulo Capitão.

Tudo na festa foi excelente, mas não prevíamos o quanto a fórmula de desenho do evento adotado tinha vocação para vingar. Fizemos a previsão de um churrascão para rolar por horas e de que as pessoas ficariam bem à vontade. Tudo isso aconteceu de forma ampliada. No dia faltaram 1 churrasqueiro e 2 pessoas de apoio para o serviço, os garçons. O que não foi absolutamente um problema. A turma se movimentou do início ao fim da festa, alguns chegaram antes para ajudar, destaques para a Valéria Real, o Nelson Pugliesi e esposa Tatiane, o Arquimedes e Fátima e o Capitão. Na seqüência e na medida em que as pessoas chegavam e partiam para a boa conversa, aconteceu o maior movimento na cozinha, para apoiar o serviço na organização dos buffets, para servir a todos durante a festa e ao final no recolhimento de pratos. Não se tinha distinção de quem era do serviço e quem era convidado, incluindo os familiares dos amigos Rebas. Foi bem simbólica esta situação para mantermos a nossa tal simplicidade e cooperação. No dia a animação das conversas foi regada pela brilhante Daniela Firme, artista ciclista e pelo nosso amigo de trilhas o Paulo Capitão (Caverna, para os que não sabem).

Manifestações singelas e significativas ocorreram por parte do Anderson e Márcia, padrinhos da Trilha Salto, que ofereceram de forma carinhosa, como quem visita amigos, um presente para sorteio entre os presentes. Da mesma forma marcante e legítima, o Marcos Pimenta, Rebas recém chegado, empenhou uma homenagem a todos os integrantes da Coordenação, da Comissão de Trilhas e ainda ao padrinho Gaúcho, ao Paulo Capitão, e ao nosso Representante Mór das estrelas Rebas, Maurício Oliveira. Todos receberam uma placa e medalha de Campeão Absoluto Rebas. Muito legal. Veja as fotos no link do Flick na página Rebas.

É isso pessoas Rebas, a festa contou com momentos de alegria, leveza e a certeza de que a energia boa só rola quando tem pessoas de qualidade presentes. E essa é a principal riqueza do nosso grupo.

Um ótimo final de ano para todos, juntamente com as suas famílias. Muita paz nos corações e a esperança de um ano de 2012 bem feliz!

Janice Pereira
Coordenação do Rebas do Cerrado

__________________________________

Integrantes da Comissão de Trilhas Rebas

Edu Bürgel
Fábio Malaguti "Bauru"
Renato Araújo
Arquimedes S. Santos
Dalton Tolentino
Leonardo Feltrin
Huberlandy José Lopes



Marca registrada Rebas do Cerrado - Nota de rodapé do site
Webdesigner: Débora Alves

A primeira versão deste site foi construída por Eliézer Roberto Pereira , Bob King, um dos fundadores do Rebas do Cerrado que infelizmente nos deixou em dezembro de 2004.

Posteriormente o nosso amigo Marcelino Brandão Filho, também fundador e coordenador do grupo por 6 anos, desenvolveu com dedicação ímpar uma nova versão. Marcelino faleceu em julho de 2013 e além do site deixou entre outros legados importantes a padronização dos procedimentos de operacionalização e condução dos eventos Rebas.

Mantemos a página principal o mais próximo possível do desenho original em homenagem aos dois fundadores.

As marcas Rebas® e Rebas do Cerrado®, bem como o logotipo® do grupo Rebas do Cerrado são Marcas Registradas® pelo Instituto Nacional de Propriedade Industrial(INPI), com todos os Direitos Reservados.