Vejam um ciclista, ele gosta de ajudar as pessoas e de preservar a natureza

Olá Visitante
 



 
Depoimentos



Autor: Adair
Data: 23Out2008
Fonte: E-mail

Título: Iron Biker 2008

Pessoal,

Minha experiência no primeiro Iron foi hilária e confusa: trocaram meu kit e pedalei com o número errado. Meu nome não constava no sistema e, mesmo tendo pedalado os dois dias, quase que não saio na lista de resultados. Para receber uma mísera medalha de participação (afinal tinha participado! ) mundos e fundos tiveram que ser movidos. Foi um sufoco!

Vamos aos fatos: meu número era 511 e me deram o kit 510. Por acaso o 510 verdadeiro não comparaceu. Na checagem final do primeiro dia meu nome não constava no computador e, na confusão, não furaram minha pulseira atestando que tinha passado em tempo na reta de chegada. E o pior: ninguém falou nada.

No dia seguinte, na largada de Ouro Preto, fui intimado a comparecer à secretaria para resolver 'pendências'. Só aí verificamos, eu também, o erro que tinha sido cometido no dia anterior. Mas, como estava com um furo a menos na pulseira, não podia receber medalha.

Mas, graças à pressão do pessoal do Rebas, em grande número e ameaçador, Carlão, Janice, Nelson e outros aos quais agradeço, me deram não a medalha mas uma medalha.

No próximo Iron tentarei fazer a coisa certa! Por causa de não constar no sistema minhas fotos sumiram. Não há registro de minha passagem no Iron. Preciso de testemunhas.

No mais, muito legal. O bicho não é tão feio como se imagina e, como meu objetivo era completar, a diversão e a experiência valeram.

Subidas pesadas e descidas perigosas, chão enlameado e escorregadio, pedras traiçoeiras e alguns e galhos escondidos provocaram algumas quedas. Eu mesmo cai uns 4 vezes por nada.

Parabéns ao Rebas do Cerrado. Honramos o nome de Brasília. Até porque temos aqui trilhas à altura de Ouro Preto.

Valeu!
Adair

Marca registrada Rebas do Cerrado - Nota de rodapé do site
Webdesigner: Débora Alves

A primeira versão deste site foi construída por Eliézer Roberto Pereira , Bob King, um dos fundadores do Rebas do Cerrado que infelizmente nos deixou em dezembro de 2004.

Posteriormente o nosso amigo Marcelino Brandão Filho, também fundador e coordenador do grupo por 6 anos, desenvolveu com dedicação ímpar uma nova versão. Marcelino faleceu em julho de 2013 e além do site deixou entre outros legados importantes a padronização dos procedimentos de operacionalização e condução dos eventos Rebas.

Mantemos a página principal o mais próximo possível do desenho original em homenagem aos dois fundadores.

As marcas Rebas® e Rebas do Cerrado®, bem como o logotipo® do grupo Rebas do Cerrado são Marcas Registradas® pelo Instituto Nacional de Propriedade Industrial(INPI), com todos os Direitos Reservados.